Falando Sério
  Falando Sério
Início
Contactos
Links Úteis

Últimos tópicos:
J.Oliveira -S1
J.Oliveira -S2
Tira dúvidas - Nada a ver
Integral - 8o ano
Integral - 9o ano



Olá a todos,
Este blog tem o objetivo inicial de ajudar meus amados alunos
a compreender um pouco mais os assuntos abordados em sala de aula . Dicas valiosas para você aprender Português de uma maneira diferente. Você também pode mandar suas dúvidas que serão respondidas aqui mesmo. Estou aberto a sugestões, críticas e comentários. Divirtam-se!

Veja os últimos 5 tópicos:

J.Oliveira -S1 ---->
Oi pessoal,
O assunto da nossa prova não é difícil, visto que é algo que vocês estudam desde o primário. Chamo a atenção apenas
para o plural dos substantivos compostos:
amor- perfeito (substantivo + adjetivo) = amores-perfeitos
beija-flor (verbo + substantivo) = beija-flores
água-de-colônia (preposição no meio) = águas-de-colônia

E para o grau dos adjetivos:
1) O grau comparativo compara uma coisa com outra:
Maria é tão interessada quanto João.

2) O grau superlativo absoluto fala de um único ser.
Esta matéria é bastante interessante. (analítico)
Esta matéria é interessantíssima. (sintético)

3) O grau superlativo relativo associa um ser com o grupo do qual ele faz parte.
Este carro é o mais potente de todos. (relaciona o carro com outros carros)

Quaisuqer outras dúvidas, enviem comentáriose, que serão posteriromente respondidos.

Um abraço e boa sorte,
Haley
 

J.Oliveira -S2 ---->
Oi turma,
Aí vai algumas dicas para você ser dar bem na nossa provinha:

1) Cuidado com o verbo HAVER. Toda vida que estiver no sentido de existir, ele não vai para o plural, mesmo que o restante da frase assim esteja. Perceba:
Houve pessoas que não entregaram o trabalho. (Nada de achar que o certo seria "houveram", hein?).

Mas se você estiver usando o próprio verbo EXISTIR, a história é outra: existiram pessoas que não entregaram o trabalho.

A mesma situação vale para o verbo FAZER indicando tempo
Faz dez anos que eu não ouvia essa música. (E não "fazem")

Mas atenção maior vocês devem ter com o -SE. Ele pode aparecer de duas maneiras diferentes. Uma dica preciosa:
se após essa pequena partícula vier uma preposição o verbo vai permanecer no singular. Veja:
Necessita-se de mais cuidados com o jardim.
/i>

Se não tiver a tal da preposição, provavelmente ele poderá ir para o plural, se a frase assim estiver.
Ouviam-se passos suspeitos.

Por fim, confiram nas anotações do caderno de vocês sobre como o verbo SER obedece a ordem de concordância.
O resto, acho que vocês tiram de letra.

Quanto à concordância nominal, cuidado com as palavras meio ("metade" - vai para o plural / "um pouco" - não vai), bastante (tem plural se der pra trocar por muitos ou muitas), anexo (concorda com o que está sendo anexado) e as expressões "é proibido", "é bom" etc. (É permitida a passagem de pessoas, É permitido passagem de pessoas)

Quaisquer outras dúvidas, mandem um comentário. Terei o maior prazer em responder. Talvez não no mesmo dia, mas tão logo eu tenha um tempinho pra entrar no computador, vocês compreendem, não é?
Um abraço e boa sorte.
 

Tira dúvidas - Nada a ver ---->
Dois amados alunos meus, de salas diferentes, perguntaram-me a respeito da mesma dúvida. A expressão "nada a ver" é assim que se escreve e não tem nada a ver (não podia deixar de fazer esse trocadilho) com o verbo haver, apesar de serem expressões homófonas (mesmo som).

Compreendido agora.

Bjos.
 

Integral - 8o ano ---->
Oi turminha,
Essa é a grande chance de vocês se recuperarem do "desastre" que foi a prova passada. A matéria é pequena e o assunto curto.
De uma maneira geral, predicativo é a palavra que caracteriza ou qualifica. Se essa palavra estiver relacionada diretamente ao sujeito, temos o predicativo do sujeito. Se, ao contrário, a palavra que caracteriza não está ligada ao sujeito, surge o predicativo do objeto. Observe:

Meu pai continua preocupado.
(Sujeito: Meu pai. Quem está preocupado: meu pai. Portanto, temos aí um predicativo do sujeito).
O professor considera a aluna inteligente.
(Sujeito: O professor. Quem é inteligente: a aluna. Logo, agora o que temos é um predicativo do objeto).

Quanto ao complemento nominal, cuidado para não confundi-lo com o objeto indireto. Todos dois possuem
a nossa amiga preposição, mas acontece que o objeto indireto está ligado a verbo, enquanto que o complemento nominal, está ligado a uma palavra que não é verbo. Veja:

O amor conduz a felicidade.
("A felicidade" está ligado ao verbo conduzir. Logo é objeto indireto).
O amor leva a condução da felicidade.
("Da felicidade" está ligado ao nome condução. Portanto, é um complemento nominal).

Quaisquer outras dúvidas, mandem comentários com perguntas. Terei o maior prazer em respondê-las.

Um abraço,
Tio Haley.
 

Integral - 9o ano ---->
Meus amados,

Mal recomeçaram as aulas e já temos prova, não é mesmo?
Mas como não tem como fugir, vamos lá com algumas dicas
preciosas para vocês não "escorregarem na casca de banana".

1) Cuidado com o verbo HAVER. Toda vida que estiver no sentido de existir, ele não vai para o plural, mesmo que o restante da frase assim esteja. Perceba:
Houve pessoas que não entregaram o trabalho. (Nada de achar que o certo seria "houveram", hein?).

Mas se você estiver usando o próprio verbo EXISTIR, a história é outra: existiram pessoas que não entregaram o trabalho.

A mesma situação vale para o verbo FAZER indicando tempo
Faz dez anos que eu não ouvia essa música. (E não "fazem")

Mas atenção maior vocês devem ter com o -SE. Ele pode aparecer de duas maneiras diferentes. Uma dica preciosa:
se após essa pequena partícula vier uma preposição o verbo vai permanecer no singular. Veja:
Necessita-se de mais cuidados com o jardim.
/i>

Se não tiver a tal da preposição, provavelmente ele poderá ir para o plural, se a frase assim estiver.
Ouviam-se passos suspeitos.

Por fim, confiram nas anotações do caderno de vocês sobre como o verbo SER obedece a ordem de concordância.
O resto, acho que vocês tiram de letra.
Quaisquer outras dúvidas, mandem um comentário. Terei o maior prazer em responder. Talvez não no mesmo dia, mas tão logo eu tenha um tempinho pra entrar no computador, vocês compreendem, não é?
Um abraço e boa sorte.
 
 
 
Cria aqui o teu Site Grátis!       Create your Free Website! Denunciar este site  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net