Teia de Ariana
Teia de Ariana
CENTRO DA TEIA
arianazita@gmail.com
OUTRAS CASAS

Últimos Fios:
ONDE ESTÃO VOCÊS...AGORA?!
FOGO-FÁTUO
O QUE SE VÊ PELA TEIA - sugestão cinematográfica: Little Miss Sunshine
OS TRUQUES DA MEMÓRIA ... À SOMBRA DO PASSADO (?!)>
FORA DA PRATELEIRA: HISTÓRIA HORRÍVEL - FACTOS MARADOS, por Terry Deary e Martin Brown


O QUE TOCA NA TEIA: ULRICH SCHNAUSS - "Shine
Get this widget | Track details | eSnips Social DNA
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Fios Online ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AWARD
Hosted by eSnips
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
CURRENT MOON
Arquivo
O QUE SE VÊ PELA TEIA - sugestão cinematográfica: Little Miss Sunshine
2007-07-30


Ficha técnica de Little Miss Sunshine :

Ano: 2006
País: EUA
Género: Comédia | Drama
Realização: Jonathan Dayton e Valerie Faris
Intérpretes: Greg Kinnear, Toni Collette, Steve Carell, Alan Arkin, Abigail Breslin, Paul Dano, Mary Lynn Rajskub
Data de estreia: 2006-10-12 (nacional)

Uma família "disfuncional", os Hoover, completamente banal e absurdamente nada normal, cruzando-se, apenas, algumas vezes em alguns dos seus objectivos, reflectindo uma "modernidade de fragmentação". O pai, Richard (Greg Kinnear), com uma filosofia de vida de vendedor de sermões: de um lado estão os vencedores e do outro lado os vencidos. A mãe, Sheryl (Toni Collette), que tenta segurar todas as pontas desta família em estado de ruína. O avô (Alan Arkin), viciado em heroína, que só olha para a neta. O tio, Frank (Steve Carell), suicída, homossexual abandonado e recém chegado a este lar, que se afirma a primeira autoridade em Proust. O filho, Dwayne (Paul Dano), um fanático fã de Nietzsche, que fez uma promessa de não falar uma única palavra enquanto não conseguisse ingressar na Força Áerea. A filha, Olive (Abigail Breslin), uma menina de 7 anos cujo sonho é participar e ganhar o concurso "Little Miss Sunshine" em Redondo Beach, na Califórnia. Uma menina que adquire a seriedade de um adulto nos momentos mais extremos deste enredo.
Devido a várias circunstâncias, esta família, sempre à beira de um verdadeiro e supremo ataque de nervos, junta-se numa carrinha Volkswagen "Pão de Forma" amarela, e atravessam o país, numa série de aventuras bizarras, de modo a chegar a tempo ao concurso almejado pela pequena Olive.
Uma viagem pelo conceito de família, acima de tudo. Uma imagem simples, desconcertante por vezes, irónica mas sempre bem fundamentada, sobre os aspectos mais banais que assolam o ser humano, isolado e depois em família. As neuroses, os problemas, os conflitos, os sonhos deambulando ao lado da viagem física que esta família enceta e cujo final coincide com a redescoberta de outros valores que estavam adormecidos para eles. No fundo, apanham o "autocarro" para a beleza da vida...


xxx

Num fim de semana de temperaturas altíssimas, em que nada apetecia em conflito com o tudo o que apetecia, optei por ficar com esta pequena pérola, que tem uma história densamente encantadora, com momentos para rir, momentos para reflectir, momentos para ficar de boca aberta, momentos para quase chorar...de tudo para todos. Excelentes interpretações e uma banda sonora muito bem enquadrada. Até se esquece do calor e do "sunshine" ofuscante que vai por ali fora!


Para quem não viu...ou para quem já conhece...a não perder!
: )
su

tecer com palavras

 
Crie o seu Site Grátis!       Create your Free Website! Sites Grátis no Comunidades.net